Manutenção de Máquinas Agrícolas: Você está fazendo certo?

FavoriteAtualizandoFavoritar

Máquinas e implementos agrícolas são um investimento significativo no agronegócio. Se um problema nestes equipamentos forçar a interrupção do trabalho por alguns dias, pode haver grandes atrasos e prejuízos.

Os cuidados incluem o local correto de armazenamento, a limpeza e higienização de alguns componentes, a manutenção preventiva e até o estoque de peças, por exemplo. Tudo isso influencia muito na vida útil das suas máquinas e implementos agrícolas.

Neste artigo, vamos falar mais sobre cada um e dar dicas de procedimentos que estão ao seu alcance para tirar o melhor proveito por mais tempo do seu maquinário.

ARMAZENAMENTO ADEQUADO

Os galpões de armazenagem não devem ser desprezados. Eles irão proteger seus veículos e outras ferramentas da umidade, do calor e do frio, o que evita a dilatação constante dos materiais.

Esse espaço também pode servir para as atividades de limpeza, manutenção e reparo, protegendo os funcionários de ficarem muito expostos ao sol e à chuva.

LIMPEZA CORRETA

Outra tarefa importante é a limpeza das máquinas e implementos agrícolas. Ignorar esse cuidado pode provocar superaquecimento, aumento no consumo de combustível e contaminação do plantio com uma substância indevida, sem falar dos gastos extras com conserto.

Para retirar o excesso de sujeira ou resto de produtos químicos, é possível usar ar-comprimido, água com sabão ou produtos específicos, dependendo do grau de sujeira.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA

Embora a recomendação geral seja fazer checagens diárias, algumas pessoas podem negligenciar esse procedimento. Tenha uma escala de manutenção periódica e revisões, verificando sempre os componentes externos e internos do maquinário, seja trator, colheitadeira, semeadeira, pulverizador, etc.

Leve em consideração as condições em que a máquina trabalha: se há excesso de sujeira, mudanças climáticas bruscas, uso intensivo, tipo de cultivo, entre outros fatores.

Uma checagem básica deve ser realizada frequentemente incluindo, por exemplo, verificação do nível de óleo, dos filtros do motor e do ar-condicionado e das condições da cabine.

ESTOQUE ORGANIZADO

Tenha sempre em estoque alguns itens importantes para o dia-a-dia da produção, até mesmo algumas peças fáceis de repor.  Cuidado com a origem de alguns equipamentos ou preços muito abaixo do mercado para algum serviço de conserto. Às vezes o barato sai caro.

A organização do estoque pode fazer diferença. Guarde junto e em lugar de fácil acesso o que estiver relacionado ao maquinário agrícola de uso mais frequente. Observe também a validade dos produtos estocados.

CONCLUSÃO

Neste artigo chamamos a sua atenção para alguns pontos fundamentais quando se trata da conservação de máquinas rurais.

Observe, em seu negócio, como estão as condições de armazenamento, a rotina de limpeza, a escala de manutenção preventiva e o gerenciamento de estoque dos implementos agrícolas e se há pontos que podem ser melhorados.

Além de tudo isso, pode parecer óbvio, mas é sempre bom lembrar a importância de ler o manual do maquinário e treinar as equipes para a manutenção correta dele.

Também é bom ter sempre em mãos o contato atualizado de mecânicos e oficinas de confiança, bem como de representantes de assistências técnicas.

Todos esses cuidados contribuem para reduzir seus custos de produção, evitar gastos inesperados e até para que você consiga revender os implementos agrícolas por um bom preço.

E se você gostou deste texto, não deixe de comentar e compartilhar este artigo com um(a) amigo(a)!

Veja também:

NÃO compre máquinas antes de ler estas dicas.

Principais linhas de crédito para comprar máquinas agrícolas

Saiba mais sobre a profissão de operador de máquinas agrícolas

289 total de visualizações, 1 hoje

Deixe um comentário

Você precisa estar logadopara postar um comentário.

Amigos do Facebook

Carregando...
Facilidades do Classificados do Agro