Pulverizadores, Arados e Subsoladores : Acerte na escolha!

FavoriteAtualizandoFavoritar

Neste artigo vamos falar sobre implementos agrícolas muito presentes na vida dos produtores rurais, em qualquer escala.

Aqueles que são muito experientes no trabalho no campo sabem identificar com mais facilidade o modo certo de utilizar máquinas como subsoladores, pulverizadores e arados.

Diversas variáveis precisam ser consideradas, desde as condições do solo até a configuração do maquinário agrícola. Sem falar em fatores super relevantes, como tipo de cultivo e dimensão da propriedade.

Fizemos esta espécie de guia inicial para você conhecer melhor as características destes implementos. Vamos lá?

TIPOS DE PULVERIZADORES

Considerada uma etapa muito importante na agricultura, o uso de defensivos agrícolas ajuda bastante a alcançar uma colheita com menos perdas e, logo, mais rentabilidade.

Porém, é preciso ter muita atenção à técnica de aplicação e dosagem dos produtos agroquímicos. O equipamento é compatível com defensivos líquidos ou em pó? O volume do tanque de armazenamento permitirá um trabalho eficiente ou exigirá muitas paradas?


Daí a importância de saber os diferentes tipos de pulverizadores agrícolas. São eles:

– Costal:Semelhante a uma mochila, tem um reservatório com alças para ser levado nas costas do operador. Pode ter acionamento manual, elétrico ou a combustível. Muito prático e usado por pequenos e médios agricultores.

– Pistola de pressão: Esses normalmente funcionam com ar comprimido. Pode ser acionamento manual ou elétrico.

– De barra (ou de arrasto): É uma barra com múltiplos bicos de pulverização. Acoplada a um trator, permite cobrir áreas bem maiores em menos tempo. Recomendada para grandes volumes de produção, é muito usada em cultivos como soja, milho e trigo.

– Atomizadores: Nesse caso, uma corrente de ar muito forte pulveriza a plantação, atingindo longas distâncias. Costuma ser bastante usado na cafeicultura, por exemplo.

– Pulverização aérea: Feita através de drones, helicópteros e aviões. As vantagens são o serviço rápido; evitar a exposição do trabalhador ao produto agroquímico; e preservar a plantação de perdas pelo trânsito de máquinas pesadas.

TIPOS DE ARADOS

Este implemento agrícola auxilia na melhoria das condições do solo, pois faz com que ele fique mais solto. Isso contribui para o arejamento da terra, infiltração de água e fertilizantes, fazendo as plantas crescerem melhor.

São dois os tipos de arados:

– Disco: Provavelmente o mais utilizado no país. Os discos podem ser lisos ou recortados. O primeiro é recomendado tanto para solos arenosos e leves quanto para solos pesados, mas é preciso observar o tamanho do disco. Já os recortados são melhores para terrenos com maior presença de matérias, pois uma de suas vantagens é picar melhor a cobertura vegetal.

– Aiveca: Usado desde tempos muito antigos. Por causa do seu formato, ele geralmente alcança camadas mais profundas e proporciona melhor incorporação dos resíduos na terra. Também existem diferentes modelos adequados para cada tipo de solo.

TIPOS DE SUBSOLADORES

Estes possuem função parecida com a dos arados, mas trabalham a uma profundidade ainda maior no solo. São maquinas mais potentes e que consomem mais energia. Os subsoladores também apresentam características distintas:

– Haste: Uma espécie de barra de ferro achatada e em sua ponta fica presa a peça que vai, de fato, trabalhar o solo. As hastes podem ser retas verticais, retas inclinadas, curvas ou parabólicas.

– Ponteira: Promove o rompimento do solo e sua largura afeta na profundidade de trabalho. Elas podem ser sem asa ou com asa, que vão mais fundo na terra.

CONCLUSÃO

Deu pra ver que o preparo periódico do solo e o uso de produtos agroquímicos não são assuntos tão simples, né? Há muita coisa para avaliar na hora de escolher máquinas agrícolas

Esperamos que este texto tenha ajudado a direcionar suas dúvidas e incentivado você a tomar um passo na direção da melhor decisão para o seu trabalho.

Caso você ainda não esteja totalmente seguro do que seria a melhor opção para a sua produção, pode pensar em adquirir implementos agrícolas seminovos para testar resultados sem precisar investir muito alto.

As ferramentas citadas no post podem ser encontradas à venda em nosso site, onde é possível anunciar gratuitamente.

E se você gostou deste artigo, não deixe de comentar e compartilhar com um(a) amigo(a)!

Veja também:

NÃO compre máquinas antes de ler estas dicas.

Principais linhas de crédito para comprar máquinas

Saiba tudo sobre a profissão de operador de máquinas agrícolas

Saiba mais sobre o compartilhamento de máquinas agrícolas

158 total de visualizações, 2 hoje

Deixe um comentário

Você precisa estar logadopara postar um comentário.

Amigos do Facebook

Carregando...
Facilidades do Classificados do Agro